Item 000001 - Concelho de Sines: província do Baixo Alentejo, Distrito de Setúbal

Zona de identificação

Código de referência

PT PT-MNSNS CJMC/001/000001

Título

Concelho de Sines: província do Baixo Alentejo, Distrito de Setúbal

Data(s)

  • 1937 (Creation)

Nível de descrição

Item

Dimensão e suporte

4 fls.; papel.

Zona do contexto

Nome do produtor

José Miguel da Costa (1922-2005)

História biográfica

Nascido a 26 de Novembro de 1922, filho de Joaquim da Costa e Maria Rufina de Jesus Costa, teve uma educação cuidada. Dado o falecimento dos pais, teve como tutor o tio José da Costa. Estudou medicina entre 1943 e 1946, data em que ingressou no serviço militar, e regressou ao curso em 1952. No entanto, o interesse pela história e a arqueologia venceu a medicina, e acabou por se dedicar em exclusivo à sua paixão de juventude.
Deve-se a José Miguel da Costa a organização da primeira biblioteca pública do concelho, em 1945, a convite da Câmara Municipal de Sines. Durante os anos 50 visita museus da Europa a fim de ganhar conhecimentos museológicos de forma mais profunda. No mesmo período, enquanto a Câmara Municipal executa as obras de saneamento (1955,1956,1977), José Miguel da Costa acompanha-as, recuperando dezenas de peças arqueológicas que constituirão as bases do Museu Arqueológico.
De facto, em 30 de Dezembro de 1962 é fundado o Museu Arqueológico Municipal de Sines nos Paços do Concelho, onde ocupa três salas com o espólio recolhido aquando das obras de saneamento, das sondagens na cerca do castelo e de outros locais do concelho. Será em 1966 que é descoberto o Tesouro do Gaio, que José Miguel da Costa estuda e divulga por todo o país e mesmo pela Europa.
Em 1969 um sismo ameaça a segurança do Museu Arqueológico, que é transferido para a casa do Sr. José Miguel, onde funciona até poucos dias após a sua morte. O Museu organiza então exposições, palestras e recebe visitas guiadas das escolas do concelho, do Alentejo e do país. Enriquece o seu espólio através de doações e aquisições e colabora em várias publicações. José Miguel da Costa recebe académicos e investigadores que se dedicam ao estudo das suas colecções, especialmente do Tesouro do Gaio e do conjunto visigótico.
Em 1972 colabora com Carlos Tavares da Silva, Joaquina Soares e Farinha dos Santos no âmbito das escavações realizadas por toda a área de Sines, e trabalha na necrópole da idade do bronze da herdade da Provença.
Em 1982 é criada a secção de Etnografia do Museu. Nos anos 80 e 90 é ampliado, e são criadas duas exposições, uma de numismática/notofilia e outra de história natural. Neste período procura, junto do município, a criação de um museu arqueológico e etnográfico de raiz.
Em 2002 adoece gravemente, e acaba por passar o resto dos seus dias num lar de repouso. Em 21 de Junho de 2005 acaba por falecer, após uma vida cheia e intensa de trabalho. Dou à Câmara Municipal de Sines a sua biblioteca e colecção de arte. Em 2008 recebeu a Medalha de Mérito Municipal, a título póstumo.

Entidade detentora

História do arquivo

Documentos legados por testamento de José Miguel da Costa, que deram entrada no Arquivo em 2005 e 2006

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Doação

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Capítulo relativo ao concelho de Sines, no volume dedicado ao Baixo Alentejo, onde foram descritos os concelhos que, pelo Código Administrativo de 1936 (aprovado pelo Decreto-Lei 27424 de 31 de Dezembro), passaram a pertencer à Província do Baixo Alentejo, e já não à Estremadura, nomeadamente Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém e Sines. O Album Alentejano dedica apenas cinco folhas a Sines entre as páginas 1131 e 1135. O texto compõe-se de uma nota histórica e descritiva, biografia de Vasco da Gama e um quadro com os anunciantes de comércio e indústria do concelho. A biografia de Vasco da Gama é assinada por Andorinha. O texto apresenta informações sobre o carácter turístico e pitoresco da vila, bem como ao número de habitantes e a produção de trigo. Inclui fotografias da vila (a Praia Vasco da Gama, a estação de caminhos de ferro, o farol, o edifício dos Paços do Concelho, o Sanatório Pratz, várias ruas da vila) e do presidente da Comissão Administrativa, Mário Tavares. A fotografia tido como Avenida da Estação dos Caminhos de Ferro não respeita a Sines.

Avaliação, selecção e eliminação

Conservação permanente.

Ingressos adicionais

Não se esperam ingressos adicionais.

Sistema de organização

Ordem original atribuída pelo coleccionador.
Cota actual: SL1.

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Acesso livre.

Condiçoes de reprodução

O único meio de reprodução permitido é a digitalização, com autorização da Câmara Municipal de Sines.

Idioma do material

  • português

Script do material

  • latim

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Instrumento de Descrição Documental nº 47, nº 5.

Zona de documentação associada

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Zona das notas

Nota

Nota à data. Data crítica.

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso

Pontos de acesso - Assuntos

Pontos de acesso - Locais

Pontos de acesso - Nomes

Zona do controlo da descrição

Identificador da descrição

PT-MNSNS-CJMC

Identificador da instituição

PT-MNSNS

Regras ou convenções utilizadas

ISAD (G): Norma Geral Internacional de Descrição Arquivística. 2ª edição

Estatuto

Revised

Nível de detalhe

Full

Datas de criação, revisão, eliminação

Descrição criada em 2018/07/20.

Línguas e escritas

  • português

Script(s)

  • latim

Fontes

Nota do arquivista

Descrição elaborada por Sandra Patrício, Arquivo Municipal de Sines.

Metadados de objeto digital

Nome do ficheiro

Album_Alentejano.pdf

Tipo de suporte

Text

Mime-type

application/pdf

Tamanho do ficheiro

8.5 MiB

Transferido

20 de Julho de 2018 16:01

Zona de direitos do objeto digital (Master)

Zona de direitos do objeto digital (Reference)

Zona de direitos do objeto digital (Thumbnail)

Zona da incorporação

Promotor

Executante

Parceiros

Co-Financiamento